maria nossa alegre mãe

A Alegria de ter Maria como Mãe

0 86

” Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: Mulher, eis aí teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa. “(João 19, 26-27)
Ao ler estas palavras de Jesus o meu coração se enche de uma felicidade que não posso conter dentro de mim, uma alegria invade a minha alma ao poder dizer que tenho Maria como Minha mãe. Nesta passagem vemos que Maria não é somente a mãe do salvador mas também a mãe de todos os remidos, depois da nossa salvação na cruz este é o maior presente que Jesus poderia nos dar, uma mãe, sabendo das nossas fragilidades, dos nossos medos e de nossas lutas ele sabia que iriamos precisar de um colo e na sua misericórdia infinita ele nos da o mesmo colo que ele tantas e tantas vezes deitou, ele nos oferece os braços que o envolveu, o olhar que o encorajava, ele nos dá Maria.
À maternidade de Maria nos foi confiada como um dom, devemos portanto corresponder, Maria deve ser acolhida como mãe e cada um de nós devemos sentir como seu filho. O filho tem de relacionar-se intimamente com a mãe, entregar-se de forma concreta ao amor da mãe,quem se entrega a Maria percebe que ela nos remete imediatamente a Jesus,“A mãe de Jesus disse-lhe: Eles já não têm vinho. 4.Respondeu-lhe Jesus: Mulher, isso compete a nós? Minha hora ainda não chegou. 5.Disse, então, sua mãe aos serventes: Fazei o que ele vos disser. ” (João 2, 3-5), o único desejo dela é nos levar até ao seu filho.
Papa Bento XVI em dezembro de 2009 diz: “Queridos amigos, que alegria imensa ter como mãe Maria Imaculada! Todas as vezes que sentimos a nossa fragilidade e a instigação do mal, podemos nos dirigir a Ela, e o nosso coração recebe luz e conforto.” Maria esta sempre pronta para cuidar de nós, para nos educar, nos consola, nos socorre, para interceder por nós em todas as situações, principalmente naquelas que sozinhos não estamos mais dando conta. Santa Teresinha certa vez disse: “A Santíssima Virgem demostrou-me que nunca deixou de proteger-me. Logo quando a invoco, quando me vem uma incerteza, um aperto, imediatamente recorro a ela, e sempre cuida de meus interesses como a mais terna das Mães.” Que maravilha para nos experimentarmos os cuidados de nossa mãe do céu!
Irmãos não tenhamos medo de nos lançarmos no colo desta mãe e criarmos uma historia de amor com ela, quantas graças recebem aqueles que como filhos se consagram a ela, se recolhem em seu coração e ali são gerados.
As palavras “Eis aí a tua mãe!” exprimem a intenção de Jesus de suscitar no discípulo uma atitude de amor e confiança para com Maria, conduzindo-o a reconhecer nela a própria mãe, a mãe de todos os cristãos, oxalá que todos descubram nas palavras de Jesus: “Eis aí a tua Mãe!”, o convite a aceitar Maria como mãe, respondendo como verdadeiros filhos ao seu amor materno.
Quero encerrar esta formação com mais uma frase de Santa Teresinha, onde ela diz: “Sabe-se muito bem que a Santíssima Virgem é a Rainha do Céu e da Terra, porém é muito mais Mãe que Rainha”.Que estas palavras impulsione os nossos corações, Maria é mais mãe do que rainha, e que todas os instantes que lembrarmos delas o nosso coração se encha de alegria pois temos uma mãe que zela por nós.
Abraços fraternos,
Andréa Esteves
Coordenadora do Ministério de
Pregação dos grupos Missão Resgate
Tagged with: , ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *