1_0_795470

A solidariedade de Francisco para com os desempregados

0 49

Cidade do Vaticano (RV) – “Fiquem certos da minha solidariedade e oração; não se desencorajem. Eu os abraço fraternalmente e a todos os responsáveis peço que realizem todo esforço de criatividade e de generosidade para reacender a esperança nos corações desses nossos irmãos e de todos os desempregados. Por favor, abram os olhos e não fiquem de braços cruzados!”
Essas palavras de Francisco foram pronunciadas na Audiência Geral de 24 de abril, em resposta a um vídeo que recebeu de operários de uma siderúrgica que está prestes a fechar. Tratou-se do enésimo apelo do Papa em prol dos trabalhadores neste seu primeiro ano de pontificado.
A preocupação do Pontífice espelha toda a tradição da Igreja Católica neste campo, e que a Doutrina Social expressa com as seguintes palavras:
O trabalho representa uma dimensão fundamental da existência humana como participação não só na obra da criação, como também da redenção.

Em seu último apelo, vendo os trabalhadores desesperados, Francisco se dirige diretamente aos empresários, pedindo a eles generosidade e criatividade para contornar esses momentos de dificuldades. Isso é possível? Nosso colega Diego Amorim contatou um empresário cristão de Brasília, Lucas Mendonça. Clique acima para ouvir a reportagem completa.

Fonte: News.va

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *