Bispo das Forças Armadas do Reino Unido exige fim da perseguição contra os cristãos e outros grupos minoritários no Iraque

0 479

O bispo das Forças Armadas do Reino Unido, dom Richard Moth, fez um apelo aos capelães militares para “oferecerem a missa do próximo domingo, 31 de agosto, pelas pessoas perseguidas por causa da fé”.

Na carta pastoral, dom Moth pede que todos os cristãos ligados à comunidade das Forças Armadas o acompanhem “na intensificação das nossas orações pelas vítimas desta perseguição”.

Ele acrescenta: “Recordamos todos aqueles que perderam a vida, que foram sequestrados e que enfrentam a incerteza, depois de terem sido expulsos das próprias casas. Os crimes cometidos contra os nossos irmãos e irmãs são hediondos ​​ao extremo. Eles clamam por contínua ajuda humanitária e pelo aumento dos esforços diplomáticos da comunidade internacional para que a estabilidade chegue à região”.

Reproduzimos abaixo a carta pastoral:

***

Carta Pastoral para o 22º Domingo do Tempo Comum

Domingo, 31 de agosto de 2014

Queridos irmãos e irmãs em Cristo,

Consciente da situação no Iraque, peço que vocês disponibilizem esta declaração no próximo domingo a todos os que estão sob os seus cuidados pastorais.

Orações pela Paz

Durante as últimas semanas, os eventos no Oriente Médio continuaram a se agravar. O conflito na Síria prossegue e a situação no Iraque piora a cada dia.

Aproveito esta oportunidade para unir a minha voz à dos líderes da Igreja em todo o mundo, pedindo o fim da perseguição contra os cristãos e contra todos os outros grupos de minorias no Iraque.

Os crimes cometidos contra os nossos irmãos e irmãs são hediondos ao extremo e clamam por contínua ajuda humanitária e pelo aumento dos esforços diplomáticos da comunidade internacional para que a estabilidade chegue à região.

Eu apelo a todos em nossa comunidade para se unirem a mim na intensificação das nossas orações pelas vítimas desta perseguição. Recordamos aqueles que perderam a vida, que foram sequestrados e que enfrentam a incerteza, depois de terem sido expulsos das próprias casas.

Levando em consideração que muitas pessoas estão voltando das férias de verão, eu peço a todos os capelães que ofereçam a missa deste domingo, 31 de agosto, pelas pessoas que estão sendo perseguidas por causa da fé e assegurem que essa intenção seja incluída nas orações dos fiéis.

Com muitos agradecimentos e com a certeza das minhas orações, seu em Cristo,

Dom Richard Moth

Bispo católico das Forças Armadas

Fonte: Zenit.org

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *