Bispos pedem fim da violência no Estado do Espírito Santo

0 21

Segurança pública é um «direito de todos», referem responsáveis católicos

Os bispos das dioceses católicas do Estado do Espírito Santo, no Brasil, apelaram ao diálogo e ao fim da violência na região, que já provocou mais de 60 mortos desde sábado.

“A segurança pública é um direito de todos, deve ser construída a partir de um amplo diálogo entre o Estado, a sociedade organizada e todos os cidadãos. Sabemos que violência gera violência, mas é verdade que todos queremos a paz e a concórdia”, refere uma nota dos prelados, divulgada hoje pela Conferência Nacional de Bispos do Brasil.

Os bispos defendem o “diálogo” entre as autoridades políticas e os elementos da Polícia Militar, pedindo a Deus que conceda “serenidade, paz, proteção e justiça” a todos.

“Neste momento que aflige a todos, sentimos nossa fraqueza e o perigo instaurado pelo império da violência”, escrevem.

O exército brasileiro assumiu na noite desta segunda-feira a segurança no Estado do Espírito Santo, após uma paralisação do movimento das famílias da Polícia Militar, exigindo melhores condições salariais e de trabalho para os agentes.

“Peçamos também ao Senhor que não prevaleça o poder, mas o bom senso, o diálogo, o entendimento e se chegue a uma decisão sábia que engrandeça nossa sociedade”, apelam os bispos do Estado do Espírito Santo.

Fonte: Ecclesia

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *