Casamento de verdade ou de mentira?

0 1625

Você certamente já foi a um casamento e sabe que é um momento único na vida dos noivos e também dos familiares e amigos. A cerimônia do matrimônio, seja ela simples ou cheia de luxo, tem um significado: os noivos, após um tempo de conhecimento um do outro, decidiram se unir por toda a vida. E por isso, assumem publicamente esse compromisso dizendo SIM um ao outro. Dizem sim quando o padre pergunta: “É de livre e espontânea vontade que o fazeis?”; “É por toda a vida que prometeis?”; “Estais dispostos a receber com amor os filhos que Deus vos confiar?”

Agora, você já imaginou acontecendo tudo isso, só que de mentira? Perguntas tão profundas e respostas que ecoam na alma de duas pessoas, sendo simplesmente jogadas ao vento, fazendo parte de um teatro festivo? Investimentos altíssimos com festa e tudo mais, somente para ‘alegrar’ alguns convidados? Noivo e noiva de mentira, cerimônia de mentira, tudo de mentira?

Pois é, isso já está acontecendo em alguns países, particularmente na Argentina e tem atraído as pessoas para festas de casamento, que não são casamentos reais. Os idealizadores e organizadores desse tipo de festa ainda incrementam a mentira: ‘noivos’ brigam antes de se casar e quem acaba trocando as alianças são duas testemunhas; um ator se passando por gay interrompe a cerimônia para declarar seu amor pelo noivo, e os dois deixam a noiva de lado e trocam os votos; e por aí vai….

Onde vamos parar? Aquilo que é referência do selo do amor entre duas pessoas está sendo ridicularizado, esvaziado, virou piada…. As pessoas estão se perdendo em meio às supostas alegrias, e não sabem mais diferenciar a vida real das fantasias e ilusões. Na verdade, as pessoas têm fugido da vida real, buscando se esconder em superficialidades, e não conseguem assumir compromissos de uma vida a dois e de vida familiar, que é o alicerce de tudo. Vemos, então, uma sociedade cada vez mais egoísta, anti-vida, pobre em valores morais e, consequentemente, triste, depressiva e insatisfeita.

Que possamos irmãos e irmãs, rezar pelas famílias, e rezar muito… Rezar pelos jovens para que saibam esperar em Deus e construir famílias santas, pelos que namoram e se preparam para o matrimônio para que entendam e vivam o real significado desse lindo sacramento, e rezar pelas famílias já constituídas para que perseverem até o fim nas promessas feitas no altar.

Deus abençoe!

Abraços fraternos e minhas orações

Luciene de Oliveira Ribeiro

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *