agua

Como devo rezar?

0 85

Amados irmãos e irmãs, a paz de Jesus e o amor incomparável de Maria! O convite dessa formação é refletirmos sobre a oração! Porém não basta aqui simplesmente sabermos a importância da oração (a qual de fato precisa estar ‘enraizada e impregnada’ em nós), ou somente sabermos os tipos de oração (pedido, ação de graças, louvor, intercessão, meditação, contemplação). Nosso convite vai além: se já sabemos que a oração é tão importante para nós e que existem diversas formas de oração, então precisamos colocá-la em prática. Mas como?
Como rezar? Como? Quando? Que jeito? Parece que essas perguntas vêm nos ‘inquietar’, já que o mundo nos impõe tantas coisas, tanta correria, tantas cobranças…. Parece que nos falta tempo para dedicar à oração!
Não há receita pronta para a oração, mas primeiramente precisamos entender que a nossa alma tem sede de Deus (Sl 41).Portanto, precisamos saciar a nossa alma com Deus, e um dos meios que o Senhor nos dá é a oração. E como nos diz Santo Agostinho: “sem a oração não se pode conservar a vida da alma”. Ele ainda completa: “Teu anseio é tua oração. E se for um anseio constante é uma oração constante”.A nossa vida precisa ser uma oração!!!
Nossos atos, tudo em nós precisa se remeter a Deus. Contudo é fato que há momentos em que precisamos nos retirar para escutar melhor a Deus e falar melhor com Deus! Oração é diálogo. O próprio Jesus nos ensinou isso quando se retirava do meio da multidão para rezar. Ele ia para os montes, lugares onde Ele se sentia bem e em paz para se colocar na presença de Deus… Portanto, fica a dica: nos seus momentos de oração pessoal, escolha um lugar propício, silencioso, tranquilo. Se preferir, coloque uma música que te ajude a rezar, ou cante fazendo da música também sua oração. Escolha um bom horário; não dê a Deus as ‘sobras’ do seu tempo, dê a Ele um tempo de qualidade
Certo dia, ouvi que a nossa oração precisa iniciar com o louvor a Deus! Mas será por quê? Amados, o louvor nos aproxima de Deus pelo simples fato de reconhecermos que Ele é nosso criador e nós somos suas criaturas. Por isso, Maria (modelo de mulher orante) iniciou seu cântico com o louvor “Minha alma glorifica ao Senhor…”. Ele é quem tudo pode, tudo sabe, tudo sonda…
Então, se Deus sabe de tudo não precisamos pedir nada? Engano nosso! Precisamos pedir sim. Se assim não fosse, Jesus não teria dito: “Pedi e será dado. Buscais e achareis…. (Mt 7, 7). Ou então, a oração do Pai-Nosso, ensinada por Jesus,não teria tantas súplicas (reze e perceba!). Deus quer dar a quem quer receber! Então, fica mais dicas: Louve e reconheça quem é Deus, com o coração sincero, puro como o de uma criança (afinal, o perfeito louvor é dado pelos lábios dos mais pequeninos – Sl 8, 3); não fique preso somente aos seus pedidos, angústias, sofrimentos, mas também não deixe de apresentar ao Senhor o que você traz em seu coração, peça confiantemente que Ele venha em seu auxílio. Não fique esperando somente consolações em sua oração, mas se o Senhor as quiser dispensar, acolha com o coração grato.
E, tenha disciplina! Não fique adiando sua oração, seu encontro com Deus! Entenda que é você quem precisa de Deus, e que a oração antecipa o que vamos viver na eternidade, ou seja, com a oração podemos viver o Céu na terra!!! Oh bênção!!!
Luciene de Oliveira Ribeiro
Com. Mariana Resgate
 
Tagged with: ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *