1_0_800351

Como é o nosso coração, fixo no Espírito Santo ou bailarino? – o Papa em Santa Marta

0 39

Como é o nosso coração, fixo no Espirito Santo ou bailarino? – esta a interrogação colocada pelo Papa Francisco na Missa em Santa Marta na manhã desta segunda-feira.
O Santo Padre desenvolveu a sua homilia sobre o binómio movimento/firmeza no coração dos cristãos. Tomando como estímulo da sua meditação a Primeira Leitura proposta pelos Atos dos Apóstolos, onde podemos admirar o empenho de evangelização de S. Paulo, o Papa Francisco refere a cura de um paralítico acontecida durante a pregação de Paulo e Barnabé na região da Licaónia. Aqueles que viram o milagre pensam que eles sejam os deuses Zeus e Hermes. E Paulo teve dificuldade em convencê-los de que eles eram humanos – sublinhou o Papa Francisco – que prosseguiu dizendo que estes eram os acontecimentos nos quais Paulo vivia. E perante a atitude de S. Paulo, o Santo Padre interrogou-se dizendo: “Onde tinha Paulo o coração, para ir de encontro às situações de maneira adequada? Segundo o Evangelho – afirmou o Papa – Jesus diz-nos que o Espírito Santo nos ensinará todas as coisas. O coração de Paulo, portanto, está fixo no Espírito Santo que nos dá força e firmeza para andar em frente na vida no meio de tantos acontecimentos:

“Com este exemplo, podemos perguntar: como é o meu coração? É um coração que parece um bailarino, que anda de um lado para a outro, que parece uma borboleta, que está sempre em movimento; é um coração que se assusta com os acontecimentos da vida e se esconde e tem medo de dar testemunho de Jesus Cristo; é um coração corajoso ou é um coração que tem tanto temor que tenta sempre esconder-se? De que cuida o nosso coração? Qual é o tesouro ao qual o nosso coração está ligado? É um coração fixo nas criaturas, nos problemas que todos temos? É um coração fixo nos deuses de todos os dias ou é um coração fixo no Espírito Santo?”

Segundo o Papa Francisco vai-nos fazer bem pensar que nós temos um belo dom, que nos deixou Jesus, este Espírito de fortaleza e de conselho, que nos ajuda a andar para a frente no meio de tantos acontecimentos da nossa vida. O Santo Padre concluiu a sua homilia propondo que todos nos interroguemos se o nosso coração está firme nas coisas da vida ou no Espírito Santo.

Fonte: Rádio Vaticana

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *