Deus fez Maria!

Deus fez Maria!

0 77

Maria é Mãe de Deus, feita pela mão de Deus“. (Santo Agostinho)

 

Amados de Jesus e Maria quero convidá-los a refletir comigo: Como nosso Deus é bom e fiel! Ele pensou em tudo para que pudéssemos ser repletos de felicidade e, por isso, Ele fez Maria.
Deus a fez “Cheia de graça”. Maria foi feita por Deus e para Deus, revestida de toda a beleza e pureza que o Criador podia dar a uma criatura. Esta pureza perfeita e ideal se denomina: Imaculada Conceição. Isso significa que Ela foi preservada do pecado original. Deus fez parar o curso da transmissão do pecado no momento em que Maria Santíssima foi concebida.
Vamos observar as palavras do Anjo Gabriel na Anunciação:
Ave, cheia de graça. O Senhor é convosco“. Ora, não se exprimiria desta maneira o anjo e nem haveria plenitude de graça, se Nossa Senhora tivesse o pecado original, visto que o homem havia perdido a graça após o pecado. Sendo palavras anteriores à encarnação do Verbo no seio da Virgem Maria, precisamos reconhecer que onde está Deus não está o pecado. Ou seja, Nossa Senhora não tinha o “pecado original“.
Prossegue o arcanjo: Não temas, Maria, pois “achaste graça diante de Deus“. Mas, que graça Nossa Senhora achou diante de Deus para poder ser escolhida como a Mãe Dele? Ora, a única graça que estava “perdida” – a “graça original“. Falar, pois, que: “Maria achou graça” é dizer que achou a “graça original“. Ora, a “graça original” é a “Imaculada Conceição“! E aqui começa a revelação da maternidade divina: “Eis que conceberás no teu ventre e darás à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus“. (Lc 1, 28-38).
Bendita sois vós entre as mulheres…” Poucas palavras de Isabel – e palavras tão simples – para mostrar o fato central do cristianismo: a encarnação do Verbo de Deus. Um fato esperado pelos séculos, que muitos profetas não viram, apesar de tanto terem desejado. Todas as profecias do Antigo Testamento inclinam-se diante dessas poucas palavras. Todo o Evangelho é conseqüência dessa encarnação, e todo o Antigo Testamento era o anúncio do que ocorria naquele momento, naquele pequeno cômodo da casa de Nazaré, onde uma Virgem recebia a visita de um enviado de Deus.
Que os homens louvem e exaltem àquela que Deus louvou e exaltou acima de todas as criaturas!
Todas as hierarquias do céu vos exaltam, ó Maria, e nós, que somos vossos filhos da terra, ousamos invocar-vos e dizer-vos: Ó vós, que sois cheia de graça, ó Maria, rogai por nós!” (S. Justino, S. Irineu, Tertuliano e Orígenes)
Deus pode fazer mundos mais vastos, um céu mais esplêndido, mas não pode fazer uma Mãe maior que a Mãe de Deus!” (S. Bernardo)
Cristo, porém, apareceu como um pontífice dos bens futuros. Entrou no tabernáculo mais excelente e perfeito, não construído por mãos humanas, nem mesmo deste mundo” (S. Paulo – Hebr 9, 12).
De hoje em diante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, porque Aquele que é todo poderoso fez em mim grandes coisas!” (Virgem Maria – Lc 1, 48).
Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!
Um forte abraço e fiquem sob a proteção da Virgem Maria!
Luciene Oliveira
Coord. Ministério de Intercessão
dos Grupos Missão Resgate

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *