É hora de recomeçar ….

0 32

 

O ano novo chega, novos planos, novos sonhos, nova esperança…. E como é bom experimentar o novo, não é mesmo?! Mas nem sempre como o ano é novo, na nossa vida tudo se torna novo! Há metas e sonhos de 2017 que não realizamos e não alcançamos e que não podemos deixar de lado. Há coisas na nossa vida que são nossas e que não nos cabe desistir! Elas são promessas de Deus para nós e sabemos que Deus é fiel para cumprir.

Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir? (Nm 23:19)

Com essa cultura do supérfluo tem crescido em nós a desistência, o medo e a falta de fé. A primeira vista é mais fácil trocar por um novo do que tentar concertar ou reconstruir algo, não é!? Recomeçar exige esforço, trabalho, garra, persistência, paciência. Exige reconhecer o erro, a falha e buscar a mudança. Nem sempre é fácil! Mas é tempo de retomar as promessas de Deus para nossa vida, de retomar a esperança, a coragem e a força. Toda vida floresce e dá frutos se deixamos Deus guiar e plantar. É como um campo, que para dar novamente fruto precisa ser trabalhado. Assim Deus vem arar, limpar, adubar a terra para que a semente seja lançada. Para isso experimentamos provas, podas, aridez, vitórias, espera que preparam nossa vida para a semeadura que Deus tem. Logo o Senhor vem e lança a semente (sonhos, promessas), que no tempo certo florirão (cf. Lv 26, 4-5). E não podemos esquecer que Deus sempre tem o melhor para nós. “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro” (Jer 29:11).

Que nesse ano possamos deixar Deus preparar o campo da nossa vida para que ela volte a dar fruto. Não é hora de desistir e nem desacreditar. 2018 é ano de recomeço, ano de graça e da benção! Estamos ainda no primeiro mês do ano! É hora de assumirmos a postura de abandono e confiança, de docilidade e obediência para que possamos recomeçar ‘fazendo tudo o que Ele nos disser’, como disse Maria aos serventes (Jo 2,5). Esse é o caminho para um ano frutuoso e abençoado, para que ao final dele nós também possamos cantar: “O Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor!” (Lc 1,29).

Feliz recomeço!

.Silvia

.

Silvia Enes Marques

Comunidade Mariana Resgate

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *