Red heart in woman and man hands, on green background

É possível viver um amor autêntico?

0 39

Amados irmãos e irmãs, nessa postagem queremos refletir sobre essa pergunta: É possível viver um amor autêntico? O que você acha? Em meio a tantos desafios dos últimos tempos, de uma sociedade doente, pobre em valores e desacreditada no amor, será que é mesmo possível viver um amor autêntico??? 

Vamos começar com outra pergunta: O que é um amor autêntico? Pense aí um pouquinho: para você o que é um amor autêntico? Pensou??? 

Vou te ajudar a elaborar melhor sua resposta com o seguinte trecho do Papa Emérito Bento XVI: “Não vos esqueçais de que para ser autêntico, também o amor exige um caminho de amadurecimento. A partir da atração inicial e do ‘sentir-se bem com o outro, educai-vos a amar o outro, a querer o bem do outro. O amor vive de gratuidade, de sacrifício de si, de perdão e respeito ao outro”[1]. 

Podemos ainda completar esse trecho com o que nos diz Fernando Gomes, membro da Comunidade Católica Presença e que desenvolve na internet a Campanha ‘Amor Autêntico’[2]“Se quisermos viver o amor autêntico, vamos precisar entender que as bases de um relacionamento duradouro e saudável são o respeito, o perdão, a capacidade de diálogo, a gratuidade e generosidade, o sacrifício e a renúncia. Ninguém poderá dizer um ‘sim’ para o outro se, em certa medida, não disser um ‘não’ a si mesmo”. 

Um grande problema que encontramos hoje, sobretudo em meio aos jovens, é a dificuldade dessa geração (a nossa geração) em acolher as renúncias, sofrimentos e sacrifícios necessários para relacionamentos duradouros. Nós estamos sendo criados para rejeitar tudo aquilo que nos causa dor e esquecemos que a Fonte do Amor, que é o próprio Jesus, nos ensinou que o maior amor, o amor autêntico, brota da Cruz, brota da entrega total de si, brota da dor para depois chegar a Ressurreição. Muitos querem somente a glória, as delícias, mas não querem primeiro passar pela Cruz.  

É preciso entender que o amor é um dom, mas, ao mesmo tempo, é uma tarefa realizadora, que plenifica a vida. Nós, jovens católicos, precisamos ser os primeiros a acreditar, a experimentar e anunciar que é possível viver um amor de verdade, um amor que seja, de fato, autêntico.  

A autenticidade chama a atenção ao redor, sabia?! Quando somos sal da terra e luz do mundo, como nos convida o Evangelho (Mt 5, 13-15), fazemos a diferença onde estamos. Várias pessoas já me testemunharam o quão rico foi para elas olharem para jovens dispostos em nadar contra a correnteza, a dizer não para as coisas desse mundo e sim para Deus!!! Olhar para jovens que estão dispostos a viver a castidade, namoros santos que vão culminar em casamentos e famílias santas, casais que passam por tribulações e dificuldades, mas não desistem um do outro e não desistem do sacramento que receberam – isso traz brilho no olhar até dos mais desacreditados no amor. 

Precisamos procurar nos aprofundar no que é o amor humano, o que Deus pensou e sonhou para o amor entre um homem e uma mulher e para o casamento cristão. Por isso, deixarei links para você, leitor, que deseja viver um amor autêntico [3] [4] [5] [6] [7]. 

Afinal de contas, respondendo à pergunta inicial, eu descobri que é possível [e eu desejo] viver um amor autêntico, e você? 

 

Um forte abraço fraterno 

.

.Luciene

Luciene de Oliveira Ribeiro Trindade 

Consagrada da Comunidade Mariana Resgate 

Casada com Deiverson e mãe da Maria Luiza 

 .

Referências

[1] https://clube.cancaonova.com/outras-materias/e-possivel-viver-um-amor-autentico/ 

[2] https://www.youtube.com/channel/UCJv9ilq1SxbOpJgKvRPeFAA 

[3]https://www.youtube.com/watch?v=FY7JDY8RL2s&list=PLlk_qlbSf6PhU3LDYJ2pj-kuRzhw3KwZq 

[4] https://www.youtube.com/channel/UCOx0fS_4_4ZtppmXxgMRhbg 

[5] https://www.youtube.com/channel/UCiVUJhp3D2-5BVqPzCrk16A 

[6]https://www.youtube.com/watch?v=n9pkQ5NgalY&list=PLHklNC5Otp0GCMwAKBH0JyaCiBAt5FwRR 

[7] http://familiassantas.com.br/ 

[8]https://www.amazon.com.br/Teologia-corpo-tesouro-escondido-Maria/dp/8567620600 

 

 

 

 

Tagged with: , ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *