É preciso ser sal da terra e luz do mundo

0 575

Sabe-se que hoje nos encontramos em um mundo em que a busca pela felicidade tornou-se tão necessária e desesperada que o verdadeiro sentido de ser feliz está cada vez mais se perdendo nas ilusões proporcionadas pela nossa sociedade atual. Devido a isso, nosso papel como cristãos se torna cada vez mais relevante para que a meta de encontrar a felicidade seja reestabelecida n’Aquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida: Jesus.
Nosso Amado Senhor nos ensina: “Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que o salgaremos? Para nada mais serve, senão para ser lançado fora e pisado pelos homens (Mt 5,13). O sal, para dar sabor aos alimentos, deve manter sua capacidade de salgar e assim de modo análogo o cristão que é chamado a ser discípulo do Cristo deve ser o que é chamado a ser, ou seja, deve acolher em si o propósito de viver segundo o evangelho e de levar o amor de Deus aos outros.
Por outro lado, Jesus também diz aos seus discípulos: “Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade sobre um monte. Nem se acende uma lâmpada e se coloca debaixo do alqueire, mas na luminária, e assim ela brilha para todos os que estão na casa. Brilhe do mesmo modo a vossa luz diante dos homens, para que, vendo as vossas boas obras, eles glorifiquem vosso Pai que está nos céus” (Mt 5, 14-16). A luz, para que ilumine um recinto precisa estar exposta e não ser escondida. Da mesma forma, nós cristãos precisamos ser aqueles que levam a verdadeira Luz que vem do Cristo aos lugares obscuros da alma de todos que em uma luta incessante buscam a felicidade em lugares, pessoas e até mesmo em si próprios. Jesus nos chama a brilharmos, e de modo análogo às estrelas que brilham em meio a escuridão, assim nós também precisamos brilhar a mais bela Luz de Cristo, que é o amor.
Amados filhos do Altíssimo, que a partir de hoje sejamos cada vez mais sal da terra e luz do mundo, para que por meio do amor infinito de Deus por nós possamos ser como o sal que não se torna insosso e como a luz que nunca se apaga, dando o verdadeiro sabor de reencontrar na Luz do Amor o real sentido de ser feliz!
Deus abençoe!
BRUNA
Bruna Pinheiro

Tagged with: , , ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *