Jogadores alemães postam mensagens de apoio à seleção brasileira

0 138

Apesar de impor uma derrota impiedosa à seleção brasileira por 7 x 1, na última terça-feira, 8, alguns jogadores alemães demonstraram solidariedade aos colegas brasileiros em declarações nas redes sociais. O meia Podolski postou um longo texto pedindo respeito à seleção brasileira e declarando seu amor ao país-sede da Copa.

“Respeite a amarelinha com sua história e tradição. O mundo do futebol deve muito ao futebol brasileiro, que é e sempre será o país do futebol. A vitória é consequência do trabalho, viemos determinados. Todos nós crescemos vendo o Brasil jogar; os heróis que nos inspiram são todos daqui”, disse o meia.

Podolski pediu também paz para o brasileiro, a quem se referiu como um “povo maravilhoso, um povo humilde, batalhador e honesto, e um país que eu aprendi a amar”.

O meia Özil mandou mensagem para os brasileiros. “Vocês têm um lindo país, pessoas maravilhosas e futebolistas incríveis”.

A Federação Alemã de Futebol, por meio de uma rede social, publicou mensagem aos brasileiros, na qual agradece a recepção que a seleção recebeu no Brasil e foi solidária à derrota brasileira em casa. “(…) desde 2006 sabemos como é doloroso perder uma semifinal no próprio país. Desejamos tudo de bom, e o melhor para o futuro, para vocês”. A exemplo do Brasil, a Alemanha caiu na semifinal de 2006, quando jogava a Copa do Mundo como anfitriã.

A seleção alemã tem se destacado também fora de campo. Concentrada em Santa Cruz Cabrália, na Bahia, os jogadores interagem com os moradores, frequentam a praia próxima ao hotel e têm demonstrado muita simpatia desde a chegada ao país. Um vídeo chegou a ser veiculado na internet mostrando a torcida dos meias Podolski e Schweisteiger, enrolados em uma bandeira brasileira, torcendo pela seleção canarinho durante uma partida de oitavas de final.

Alguns jogadores brasileiros também se manifestaram após a derrota. O lateral Marcelo, companheiro de Özil no Real Madrid, postou montagem com a foto dos jogadores e do treinador, Felipão, referindo-se a todos como campeões em campo e fora dele. Ele resumiu o resultado da partida de ontem como “atípico” e “vexatório”, mas enfatizou que a busca pelo hexacampeonato continua.

“(…) Temos que entender que perder faz parte deste esporte pelo qual sou apaixonado e me deu tudo que tenho hoje. Tenho muito orgulho de fazer parte da seleção brasileira e mais orgulho ainda do meu país, do meu povo… O hexa virá, e eu farei de tudo para estar em campo com a amarelinha no dia que isso acontecer! (…)”.

O atacante Bernard, substituto de Neymar na semifinal, postou a mesma imagem publicada por Marcelo, enaltecendo seus colegas de seleção. “(…) também aprendemos com a derrota, estamos tristes sim, porque não era nada do que nós esperávamos, mas nada nesta vida é por acaso, tudo tem o seu propósito, e tudo na vida, quando queremos, nós aprendemos. (…) Agradeço a Deus por estar aqui, aos meus companheiros pela amizade e pela união, e a toda torcida brasileira!”.

Fonte: Notícias Canção Nova

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *