liberdade e felicidade

Liberdade e Felicidade

0 39

Segundo dia do Grupo de Estudo Bento XVI
25 de Agosto de 2013, Alfenas/MG


O Senhor nos prepara caminhos a seguir. Nessas estradas temos sempre a opção de escolher o que faremos, com quem andaremos e quais bagagens iremos carregar para chegarmos a felicidade eterna. 
Deus nos criou com liberdade e, ao trilharmos este caminho nessa manhã podemos descobrir que essa liberdade foi conquistada pela Cruz de Cristo e ela não é pesada. Ela é trilhada pelo amor… quanto mais praticamos o bem, mais livres nos tornamos (YC 286). Quando conhecemos e assumimos que Deus nos criou de uma forma intocável e segundo sua semelhança nos tornamos livres e conquistamos a felicidade. O mundo vem aprisionando os filhos de Deus em propostas de vida extremamente vazias de amor.

O mal não traz felicidade. Ele furta-nos do verdadeiro bem, liga-nos ao nada e, por fim, destrói toda nossa felicidade. Essa realidade podemos encontrar quando o ser humano troca a sua liberdade pelos vícios, sejam eles químicos ou afetivos, drogas ou pessoas. 

Toda vida humana é construída desejando a felicidade. Você pode perguntar agora a quem está do seu lado se ele “deseja ser feliz mais do que deseja o dinheiro”. Com certeza ele dirá que quer a felicidade.

Deus nos criou com essa ânsia infinita de felicidade, que só Ele a consegue satisfazer. As realizações terrenas apenas nos dão um antegozo da felicidade eterna. (YC 281)

A felicidade então é conquistada quando assumirmos quem somos e, principalmente, quando reconhecemos ter a identidade de filhos amados de Deus que foram criados à sua imagem e semelhança. Assim a felicidade plena só pode ser alcançada quando nos voltarmos inteiramente para Deus, aquele que deu a vida por nós, através de seu filho Jesus Cristo.

 
A liberdade nos conduz à felicidade. Esta não passa… ela supera a alegria passageira oferecida abundantemente pelo mundo, escondida no prazer do mundo. Prazer este proveniente nos bens materiais, carnais e afetivos

Amados, somente o que vem de Cristo Jesus é verdadeiro e eterno. Não deixem de ler, entender e viver a passagem em que Jesus nos fala e ensina sobre as bem-aventuranças (Mt 5, 3-12 / YC 282 – 285). Elas são o caminho que Jesus nos dá para viver a felicidade e ser feliz aqui na terra. É o caminho o qual Ele trilhou e que nos convida a trilhar.

Para ser feliz é necessário que reconheçamos o quanto somos pobres e necessitamos de Deus para tudo. É sermos livres para nos declararmos dependentes dEle! Que sejamos humildes e saibamos buscar nosso consolo em Deus. Agir com misericórdia, promover a paz, buscar sempre a pureza de coração (e, por consequência, a pureza do corpo e da alma). Não se desesperar e nem desanimar diante de perseguições e provações, mas reconhecer que nossa recompensa está no céu e que Deus sempre age com justiça.


Comunicação CMR

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *