Proposta-de-Reforma-Politica-no-Brasil-15

Mais uma vez oremos por nosso Brasil

0 29

Quem não se lembra do que vivemos em 2016, mais precisamente em agosto, quando tivemos na história de nosso país uma conturbada situação política que culminou no impeachment da presidente Dilma Rousseff?

Pois é, mais uma vez escândalos envolvendo corrupção e desvio de dinheiro público assolam a política brasileira. Com menos de 1 ano do acontecido impeachment, o então presidente Michel Temer também é alvo de denúncias de corrupção.

E nós o que temos a ver com isso? O que podemos fazer para mudar essa situação? Tem alguma coisa ao nosso alcance? A resposta é sim. Irmãos, devemos orar, como vem dizer a Palavra, orar sem cessar (I Tessalonicences 5, 17), pois com a força da oração conseguiremos superar os momentos difíceis enfrentados por nossa nação. Não é a primeira vez que propomos um combate em oração por nosso país[1], e com a graça de Deus, unidos em oração, seremos fortalecidos e vencedores.

Além da oração, precisamos começar a mudar nossa mentalidade que muitas vezes se deixa corromper nas pequenas coisas. São inúmeras as mensagens na internet que nos leva a refletir isso: todas citam a prática corriqueira do ‘jeitinho brasileiro’ que são atos de corrupção no dia-a-dia… Colar na prova da escola. Furar fila. Não devolver aquele troco que foi entregue a mais. Aproveitar o contato de alguém que pode agilizar a burocracia para conseguir algo. Dirigir sem carteira. Dirigir depois de consumir bebida alcoólica. Sonegar impostos.

Enfim, irmãos, precisamos orar, mas também começar a agir de forma diferente. Se queremos que nossos filhos, as próximas gerações, tenham valores éticos e morais e, assim os próximos presidentes, senadores, governadores sejam honestos, é preciso começar desde já a ensinar as crianças as virtudes e práticas da honestidade. William Shakespeare, um famoso poeta inglês, disse: “Nenhuma herança é tão rica quanto a honestidade.”

Dirijo-me agora aos pais e mães desse País: Todo e qualquer exemplo de honestidade ou da falta dela que demonstrarem será observado pelos pequeninos. Cumpram, sempre, tudo aquilo que prometerem, pois, pessoas que cumprem aquilo que prometem são exemplos de honestidade. Portanto, não prometam nada que não possam cumprir. Ensine-os, diariamente, o quão feliz serão se forem honestos em seus atos.

Não se pode cobrar a honestidade de uma sociedade, se ela não faz parte dos ensinamentos primordiais de um lar.[2]

Carinhosamente ,

Luciene.

.

Luciene de Oliveira Ribeiro Trindade

Consagrada da Comunidade Mariana Resgate

 .

.

[1] http://comunidademarianaresgate.com/a-atual-situacao-politica-da-terra-de-santa-cruz-nosso-brasil/

[2] https://familia.com.br/5879/como-ensinar-as-criancas-sobre-honestidade

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *