braços cruzados

Não tenho vontade de rezar…

0 1337

Recorrei ao Senhor e ao Seu poder, Procurai continuamente Sua face     (Salmo 104,4)

Esse versículo do salmo nos impulsiona a ficar na presença do Senhor. Recorrei ao Senhor e ao Seu poder; Deus é forte. Somos frágeis demais, e nossa dependência de Deus é imensa. Na verdade nossa alma sente saudades do seu criador. Somos realizados e completos diante Dele.

Um dos meios de nos aproximar do Senhor é pela oração. Mas nem sempre é o que meu coração e meu corpo querem. Às vezes queremos sentir Deus, ser mais próximo Dele, sem fazer ou passar por nenhum esforço.
Não é mesmo?
Se estamos cansados, não pensamos duas vezes em deitar, descansar,… E falar Com Deus???
Amanhã quem sabe!
Se estamos tristes, falamos com todos os amigos, colegas, mas com Ele que é capaz de nos arrancar toda tristeza é sempre o último, e quando falamos.
Se as coisas não acontecem como queremos, aí que não O procuramos mesmo. E com isso aumenta a distância entre nós, vamos perdendo o contato com Ele, e assim vai.

Alguns que conhecem a Deus há algum tempo, estão a frente de algum Movimento ou Pastoral na Igreja, diante das responsabilidades e compromissos, às vezes deixam a vida de oração, e ficam no ativismo, perdendo a sensibilidade e a docilidade de Deus em sua vida.

Somos tentados a todo tempo a ficar longe do Senhor, por pensamentos principalmente, mas a alma orante é violenta; ela enfrenta e luta para continuar a ter comunhão com Seu Senhor. Mesmo não querendo, mesmo não tendo gosto pela oração, ela O busca; Sabe que é ela quem depende do Senhor… Que mesmo não sentindo, o Senhor está ali fazendo em sua vida.
Santo Agostinho, vem nos dizer que ninguém sai de mãos vazias da presença do Senhor. Essa é a certeza que precisamos ter quando as coisas não estão bem, quando não sinto o Senhor na oração, quando parece que estou rezando sozinho, quando o desânimo chega. Eu preciso do Senhor, e me colocar na presença Dele é receber a graça e a benção, que mesmo não sentindo, eu sei que Ele está fazendo e agindo em mim. Atitude de fé…
Quando convivemos muito com uma pessoa, sem perceber acabamos pegando as manias, o jeito da pessoa, não é mesmo?
Pois é assim que acontece na alma que tem contato diário com o Senhor; ela vai tendo o Seu jeitinho, as coisas começam a mudar dentro de você sem ao menos perceber.
A oração, a adoração são meios que nos une a Deus e nos fortalece, nos santifica, nos molda para o céu. Precisamos ter consciência que, se não rezarmos vamos perdendo a sensibilidade de sentir e confiar em Deus. Se não rezo, quem mais perde sou eu.
A decisão e a atitude nessa hora precisam entrar em ação. Quantas histórias de santos que viveram e nos ensinam com seus escritos que passaram por aridez espiritual, noite escura da fé e assim vai…
Onde não sentiam gozo na oração, mas sabiam que se não rezassem não suportariam ir até o fim…
Temos o maior exemplo, que é Jesus, a quem seguimos. No Getsêmani, quando estava em agonia mortal, onde não sentia consolação na oração, mas sim angústia e muita opressão, Ele orou, e pediu aos que estavam com Ele que vigiasse (Mateus 26,36-46). Jesus nos exorta que se não ficarmos firmes em oração, vamos cair. Os apóstolos ali se renderam ao sono, como muitos de nós que nos rendemos ao comodismo, ao meu bem-estar primeiro, a conversas desnecessárias, etc… Jesus nos ensina que precisamos ser firmes, e não nos entregarmos ao nosso querer, mas sim em comunhão com Ele sempre.

Procurar continuamente a face do Senhor é eu ir até Ele, eu sair do meu querer e ir até o querer Dele.
Temos uma alma mimada, como diz Santa Teresa D’ Ávila, que sempre quer ser consolada ao invés de consolar. Sempre quer suas vontades ao invés de fazer a vontade de Deus.

Impulsionados com essa palavra, sejamos a diferença e passemos a viver em oração continuamente, fazendo da nossa vida uma vida de oração.
Que tenhamos consciência que eu preciso do Senhor e com Ele tudo fica mais fácil.

Deus abençoe a todos!

 
 Abraços fraternos,

Danusa da Silva
Fundadora da Comunidade Mariana Resgate. 

 

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *