O cardeal Baldisseri sobre os conteúdos da próxima assembleia extraordinária do Sínodo sobre a família

O cardeal Baldisseri sobre os conteúdos da próxima assembleia extraordinária do Sínodo sobre a família

0 44

Foi como se tivesse sido desenhada a imagem-tipo da família, com todas as suas luzes e todas as suas sombras, pronta para ser retocada de modo a poder entrar legitimamente a fazer parte dos tesouros a defender a nível universal, como património da humanidade. É o conteúdo do Instrumentum laboris, documento que os padres sinodais utilizarão na próxima assembleia extraordinária de Outubro.

Caberá a eles evidenciar os claros e os escuros, as figuras pouco nítidas, as imperfeições e os retoques a serem feitos. Caberá a eles focalizar a luz sobre as problemáticas actuais, sem se deixar condicionar pela pressão mediática privilegiando alguns aspectos em detrimento de outros. O trabalho que os espera é notável, as expectativas também, porque a Igreja, mas inclusive as outras religiões, os Estados e as sociedades esperam respostas sobre o tema da família. Destas situações fala o cardeal Lorenzo Baldisseri, secretário-geral do Sínodo dos bispos, numa entrevista ao nosso jornal.

O Papa Francisco observou várias vezes que existe o risco de que a opinião pública seja induzida a considerar o Sínodo como um debate sobre os divorciados e os recasados. O que se pode fazer para restabelecer a óptica correcta?

Estou convicto de que a publicação do Instrumentum laboris favorecerá a correcta colocação do tema ao qual nos referimos. De facto, da leitura do texto intui-se que a assembleia especial do próximo mês de Outubro tratará a família na sua complexidade e urgência, enfrentando todos os aspectos que lhe dizem respeito, citados no documento, o qual contém as respostas às 38 perguntas do questionário distribuído a seu tempo aos episcopados e às instituições de direito. Gostaria de recordar que o documento se compõe de três partes, com respectivos capítulos, subdivididos em 159 números, entre os quais só alguns se ocupam do tema sobre o qual o senhor fala. A progressiva atenção à vastidão da temática familiar que se desenvolve organicamente no documento trará compreensão e clareza para todos e diminuirá a tendência, inclusive a nível mediático, a privilegiar alguns aspectos em relação a outros. Devemos ter presente sobretudo que os vários temas estão estreitamente ligados entre si e para que haja um sadio e correcto entendimento, estudo e, eventualmente, um ponto de resolução devem ser considerados no seu conjunto e em igual medida.

Fonte: News.va

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *