af_marco

O que tem a minha fé a ver com a Igreja? [YC 24]

0 127

A fé é o fundamento da esperança, é uma certeza a respeito do que não se vê.         Hebreus 11,1

A fé é primeiramente uma adesão pessoal do homem a Deus; é, ao mesmo tempo e inseparavelmente, o assentimento livre a toda a verdade que Deus revelou. Ela deve ser vista como um vaso de flor extremamente seca e bem delicada, onde se faz necessário regar com bastante água todos os dias para nutrir e fazê-la florescer. Deve ser nutrida através da oração diária e da Santa Missa, pois nossa alma é árida e a graça advinda de Deus é o único meio para saciá-la. Sem contar que é algo muito precioso, pois brota diretamente do coração e da vontade de Deus.

Com efeito, a Igreja, embora espalhada pelo mundo inteiro até os confins da terra, tendo recebido a fé dos apóstolos e de seus discípulos, a guarda com cuidado, como se habitasse em uma só casa; prega as verdades da fé, as ensina e transmite com voz unânime, como se possuísse uma só boca.

Nossa Santa Igreja nos proporciona uma direção mais simples, fácil e segura até Deus. Por isso é considerada mãe, pois assim como uma criança precisa dos cuidados de uma mãe, nós necessitamos da Igreja que nos ensina a caminhar no mesmo compasso que Jesus.  Assim rezamos no Credo declarando que ela é una, santa, católica e apostólica.

Una, pois é única e são vários elementos dessa unidade: um único Fundador, Jesus; uma única moção, o Espírito Santo; uma única fonte, a Trindade; um único mentor dessa unidade, o Papa; uma única doutrina, o catecismo e uma única unidade litúrgica.

A Igreja é santa, sendo sua alma o próprio Espírito Santo. Por mais que ela seja formada por nós pecadores, não a corrompemos, pois ela é santificada pelo próprio Sangue de Jesus. São Paulo, na carta aos Efésios, nos exorta que devemos amar a Igreja assim como Jesus a amou entregando a própria vida por ela.

Maridos, amai as vossas mulheres, como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela, para santificá-la, purificando-a pela água do batismo com a palavra, para apresentá-la a si mesmo toda gloriosa, sem mácula, sem ruga, sem qualquer outro defeito semelhante, mas santa e irrepreensível.

Efésios 5, 25-28

Católica, pois é universal, ou seja, a Igreja não pode ser só minha ou de algumas pessoas escolhidas, ela é de todos e deve ser reconhecida por toda a humanidade.

 Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.          Mateus 28,19

Apostólica porque Cristo a fundou sobre Pedro e os apóstolos. E hoje ela continua sendo fundamentada através de nosso Papa, nossos bispos e padres.

E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.

 Mateus 16, 18-19

A Igreja é a família de Deus e o fermento que nos move a uma vida em comunhão com o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Por isso devemos conhecê-la para entender o desígnio de Deus para nossa salvação.

“Ninguém pode dizer que tem Deus como Pai se não tiver a Igreja como Mãe” São Cipriano

Sejamos igreja…

Elizabeth

Tagged with: ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *