Oração: Caminho para a santidade

0 187

Ei, você aí que está lendo esta formação, sabia que através do sacramento do batismo todos fomos vocacionados à Santidade? O próprio Jesus nos pede isso no Sermão da montanha: “Portanto, deveis ser perfeitos, como vosso Pai celeste é perfeito” (Mt 5, 48).

 

Num primeiro momento, pode parecer muito distante de nós, mas todo cristão católico precisa tomar consciência dessa verdade e buscá-la, pois, só assim alcançaremos a salvação. Não é uma via fácil, a porta é estreita, mas o Reino dos céus é para os violentos, que dominam suas paixões e vícios, que vencem o pecado.

 

A ORAÇÃO é um dos principais caminhos para alcançar a santidade, como vem dizer a passagem: “Porque é Santificado pela palavra de Deus e pela oração” (1Tm 4, 5).

Nossa fundadora, Danusa da Silva, nos ensina que “a oração é nossa fonte de intimidade com Deus”. Já ouviu aquele ditado popular: “Diga-me com quem tu andas e te direi quem tu és”. Pois então, sendo íntimos de Deus nos aproximamos de sua santidade e poderemos assim também nos santificarmos.

 

O catecismo da Igreja católica diz que a oração é uma relação viva e pessoal com o Deus verdadeiro. Mas como viver esta relação? A oração pessoal é um meio muito eficaz para relacionar-se com Deus, para ser íntimo Dele, através dela nos despimos diante de Deus.

Nós devemos colocar em oração tudo o que há em nosso interior, nossas verdades (fraquezas, pecados, infidelidades, medos, anseios…); Deus já conhece, mas a partir do nosso humilde reconhecimento Ele pode trabalhar em nós tudo isso, transformado em fidelidade e constância, produzindo em nós frutos de perfeição, como tantos santos e santas alcançaram. A humildade é um grande fundamento da oração.

 

Nem sempre haverá vontade, mas busque se disciplinar a um tempo marcado para este encontro com Jesus; seja fiel Àquele que te espera. A oração é antes uma necessidade. Deixar Jesus beber da minha vida e beber Dele.

A maravilha da oração revela-se precisamente, à beira dos poços aonde vamos buscar a nossa água: aí é que Cristo vem ao encontro de todo ser humano; Ele antecipa-Se a procurar-nos e é Ele que nos pede de beber. Jesus tem sede, e o seu pedido brota das profundezas de Deus que nos deseja. A oração, saibamo-lo ou não, é o encontro da sede de Deus com a nossa. Deus tem sede de que nós tenhamos sede d’Ele (Santo Agostinho).

 

A grande mestra da santidade foi Nossa Senhora. A passagem do anúncio vem nos trazer 3 pontos que nos ajudam a ser como Maria. Primeiro ela OUVE o anúncio. Nosso relacionamento com Deus não precisa ser só de pedidos, de fala, mas principalmente de escuta daquilo que é Vontade Dele para nossa vida. Depois Maria RESPONDE, e não foi uma resposta qualquer, Ela responde como alguém pronto e aberto a cumprir os planos de Deus, dizendo-se serva. E por último Maria REZA o Magnificat, dando a Deus o mais perfeito louvor e reconhecendo as maravilhas que Deus nela realizou (Lc 1, 34 a 37).

Aprendamos com Nossa Rainha a OUVIR, RESPONDER PRONTAMENTE e REZAR. Ela é nossa maior escola de santidade e contemos, acima de tudo, com a graça de Deus!

 

Deus abençoe você!

 

Cristiano Trindade

Comunidade Mariana Resgate

(Visited 66 times, 1 visits today)
Tagged with: , ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *