papa francisco

Papa responde, com telefonema, à carta de padre iraquiano

0 49

Na ligação, o Papa Francisco manifestou profunda comoção pela carta recebida do sacerdote iraquiano

O vice-diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Ciro Benedettini, informou que, logo depois de voltar a Roma da sua Viagem Apostólica à Coreia, o Papa Francisco telefonou, na manhã do dia 19, ao padre Behnam Benoka, que vive em Bartella, uma pequena localidade perto de Mosul, no norte do Iraque, que lhe escreveu uma carta dramática.

Em seu telefonema, o Santo Padre manifesta profunda comoção pela carta recebida do sacerdote iraquiano, vice-reitor do Seminário católico de Ankawa. O Papa também expressa gratidão aos voluntários que trabalham nos campos de refugiados.

Em seu telefonema ao padre Bernoka, o Papa Francisco afirma sua plena participação espiritual e solidariedade com os cristãos perseguidos, prometendo que continuará a fazer o melhor possível para proporcionar alívio aos seus sofrimentos.

O Santo Padre concluiu seu telefonema concedendo a sua Bênção Apostólica ao sacerdote e sua comunidade iraquiana, pedindo ao Senhor para que lhes dê o dom da perseverança na fé.

Fonte: Canção Nova

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *