“Partida pela Paz” do Papa Francisco arrecadou 2,5 milhões de euros para os jovens de Buenos Aires

0 32

Graças à “Partida Inter-religiosa pela Paz”, realizada no último dia 1º de setembro no Estádio Olímpico de Roma, o Papa Francisco conseguiu arrecadar 2,5 milhões de euros que serão destinados a um projeto de assistência médica e educação para menores de Buenos Aires denominado “Uma alternativa de vida”.

Através de um comunicado, as duas entidades organizadoras do projeto em colaboração com o Papa Francisco, Scholas Occurrentes e Fondazione P.U.P.I., informaram que queriam “fazer pública a cifra para seguir o caminho da máxima transparência”.

A partida beneficente reuniu no campo estrelas do futebol de ontem e de hoje, como Diego Armando Maradona, Samuel Eto’o, Iván Zamorano entre muitos outros, e conseguiu arrecadar através da venda de entradas 178.506 euros, com 18 mil espectadores no estádio.

O resto dos recursos arrecadados procede de outros canais. 709.141 euros chegaram através de mensagens de texto e ligações telefônicas, e 55.000 euros de vendas on-line.

Os organizadores recordaram que esta partida “não termina nunca, e que devemos continuar jogando cada um desde sua posição, comprometendo-nos com a paz, e promovendo o diálogo e a cultura do encontro”.

O incrível alcance midiático da “Partida pela Paz”

A “Partida pela Paz” foi transmitida pela televisão em mais de 50 países, chegou a 4.996.758 telespectadores e reuniu mais de 480 profissionais da comunicação provenientes de 187 meios de comunicação diferentes.

Na rede social Twitter o hashtag oficial da partida “#Partidapelapaz” chegou a ocupar o primeiro lugar do trend topic da Itália.

O momento mais especial da partida chegou com uma vídeo-mensagem do Papa Francisco, onde convidou todos a comprometer-se pelo diálogo pela paz. “Ao jogar em equipe, cada um é mais pessoa, mais gente, engrandece-se mais e ao jogar em equipe a competência em vez de ser guerra é semente de paz, por isso o símbolo desta partida é a oliveira”, animou o Pontífice argentino.

A partida terminou com outro instante crucial: a leitura do “Manifesto pela paz”, que foi lido por cinco jogadores de distintas nacionalidades e religiões reunidos como sinal de irmandade entre os povos e as culturas.

Fonte: ACI Digital

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *