Pelo menos 24 mortos no ataque a um aeroporto do Paquistão: Católicos rezam a Santo Antônio pela paz

0 40

Os cristãos no Paquistão se unem em oração pela paz, por intercessão de Santo Antônio de Pádua, depois do ataque terrorista cometido por extremistas muçulmanos no qual morreram pelo menos 24 pessoas no aeroporto de Karachi no Paquistão.

O ataque contra o aeroporto internacional de Karachi começou na noite do dia 8 de junho. Grupos terroristas armados mataram pelo menos 24 pessoas, ferindo outras 20. Os confrontos com as forças de segurança paquistanesas continuam ainda hoje.

“Nestes momentos de tensão e de violência, enquanto está se realizando um ataque simbólico ao coração do Estado, como católicos nos dirigimos a Santo Antonio, de quem se aproxima a festividade, no dia 13 de junho: ao santo dos milagres, pedimos o dom da paz e da harmonia para a nossa amada nação”, diz à agência vaticana Fides o Pe. Mario Rodrigues, pároco da Igreja de Santo Antônio em Karachi.

O também diretor da Comissão da pastoral juvenil da arquidiocese de Karachi afirma que “estamos consternados. O ataque terrorista, de matriz talibã, mostra que estes grupos extremistas têm também uma força militar”.

“Querem também ter visibilidade e demonstrar que são capazes de atingir a nação no coração. Vive-se um clima de tensão e suspensão na cidade. Chegaram muitas forças especiais. Esperamos que o ataque seja impedido rapidamentel”.

Em resposta a este ataque repentino, explica o Padre Mario, “como católicos, dirigiremos orações especiais a Santo Antônio: nos próximos três dias, em preparação para a sua festividade de 13 de junho, na Igreja de Santo Antônio em Karachi viveremos uma intensa oração com a exposição prolongada do Santíssimo Sacramento”.

“Das seis da manhã às seis da tarde, jovens, adultos, crianças e famílias vão adorar o Sacramento e rezar ao Santo dos milagres, pelo qual os católicos de Karachi têm uma devoção profunda. Dedicaremos estes três dias à constante invocação da paz para a nação, pela intercessão do Santo de Pádua: nos ajude a construir a paz, a reconciliação e a harmonia no Paquistão”.

O Pe. Mario conclui: “neste momento difícil, pedimos ao Papa Francisco que reze intensamente pela paz no Paquistão”.

Karachi é a metrópole do sul do Paquistão, na província de Sindh, conhecida por ser a cidade mais violenta do país, onde todos os dias acontecem assassinatos e violência entre os grupos étnicos, as formações terroristas e jihadistas, gangues criminosas envolvidas no tráfico internacional de drogas e armas.

Fonte: ACI Digital

Tagged with: ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *