vegonha pecado

Pequei e não posso mais…

0 51

Pois é, vez ou outra nós nos encontramos nessa triste situação. Pecamos, fazemos aquilo que desagrada a Deus e nos deparamos com um forte sentimento que parece corroer o nosso peito e que faz brotar questionamentos diversos: Parece que num momento estava perto de Deus e no momento seguinte me sinto longe de Deus? Mais uma vez dei voz ao inimigo, mais uma vez ouvi a minha carne, mais uma vez aceitei as sugestões do mundo e desagradei o meu Deus!

E agora o que devo fazer?

O que precisamos saber é que a nossa luta deve ser sempre na busca de não pecar. Porém, a própria Bíblia nos revela que é possível que, por diversos fatores, caiamos em pecado. Pode ser por descuido em nossa vida espiritual, por imaturidade, por forte tentação, etc. Como Jesus disse, se descuidarmos, a nossa carne é fraca. “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca” (Mc 14. 38).
Seja como for, a matéria prima para resolver uma situação onde pecamos chama-se arrependimento. Sem arrependimento não há solução para o nosso pecado. “Arrependei-vos, portanto, e convertei-vos para serem apagados os vossos pecados” (At 3, 19). O arrependimento sincero é a condição para solucionarmos o estrago da ação do pecado em nossa vida.
É pelo arrependimento que confessamos a nossa culpa pelo pecado que cometemos e assumimos firmemente que não queremos mais esse pecado em nossa vida.
Com o arrependimento no coração é hora de achegar-se à presença de Deus em oração. É a Deus que devemos confessar o nosso mau procedimento. “Confessei-te o meu pecado e a minha iniquidade não mais ocultei. Disse: confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a iniquidade do meu pecado” (Sl 32, 5). Como diz o texto, Deus perdoa um coração verdadeiramente arrependido. O nosso Deus é um Deus de misericórdia, de bondade, que está sempre de braços abertos para nos acolher.
Enfim, precisamos saber que o pecado sempre estará diante de nós e a nossa luta será diária. Deus espera que nos empenhemos para não mais desagradá-Lo da mesma forma que antes. O que precisamos fazer é sempre nos lembrar das palavras de Jesus quando perdoava alguém: “Então, lhe disse Jesus: Nem eu tampouco te condeno; vai e não peques mais” (Jo 8, 11).
Assim, se você acabou de pecar, vá até Deus através do Sacramento da Confissão com o coração arrependido, exponha a sua situação, peça perdão e, a partir daí, é hora de levantar a cabeça, deixar toda a culpa para trás e caminhar em frente em busca de uma vida que agrade a Deus!
Abraços Fraternos…
Cristiane Messias
Com. Mariana Resgate

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *