Por que rezar o terço?

0 983

A oração do terço permite-nos fixar o nosso olhar e o nosso coração em Jesus, como sua Mãe, modelo insuperável da contemplação do Filho” – disse Bento XVI em 12 de maio de 2010, no Santuário de Nossa Senhora de Fátima. Ao meditar os mistérios gozosos, luminosos, dolorosos e gloriosos ao longo das ‘Ave-Marias’, contemplamos todo o mistério de Jesus, desde a Encarnação até a Cruz e a glória da Ressurreição; contemplamos a participação íntima de Maria neste mistério. No caminho da oração vamos percorrendo o itinerário do discipulado junto com Maria, a discípula primeira e maior. Ao rezar o terço escolhemos meditar os mistérios da vida de Jesus com sua Mãe, que cremos estar no céu a nos ouvir, porque sabemos que Maria viu tudo, riu, sofreu junto e esteve lá como mãe e primeira cristã. É um exercício de contemplação e de santa imaginação. É como se nós também estivéssemos lá com Maria. Então nós a saudamos dez vezes, a cada mistério, após repetir a oração ensinada pelo Filho dela [Pai-Nosso], antes de louvar o Deus Uno e Trino. O Papa João Paulo II falou: “Com o Rosário, o povo cristão frequenta a escola de MARIA, para deixar-se introduzir na contemplação da beleza do rosto de CRISTO e na experiência da profundidade do seu amor.”

Maria em suas aparições, como em Fátima e Lourdes fala a pessoas muito simples e humildes, verdadeiramente pequeninas, como as crianças Lúcia, Francisco e Jacinta, e insiste no Rosário, esta oração tão simples que desafia a “sabedoria e a inteligência” de muitos. Mas, por que teria ela insistido tanto para que rezássemos sempre e muitas vezes essa oração? Não será porque esta oração é algo de muito importante para a salvação, para a vinda do Reino dos Céus? Não nos enganemos pela simplicidade da oração do Terço Mariano, pois esta oração esconde uma riqueza e uma força que não somos capazes de perceber, por que não temos uma visão espiritual.

Padre Pellegrino Ernetti, no livro “Estratégias de Satanás”, conta sobre alguns casos de exorcismos que realizou. Num deles, o Demônio lhe disse que a oração do terço lhe causava muito sofrimento: “Aquele objeto idiota e apodrecido d’Aquela Senhora. Para mim é como um martelo que me parte a cabeça” (p. 25). Pio XII (1939-1958) escreveu Ingruentium malorum, sobre a oração do terço: “Categoricamente, não hesitamos em afirmar em público que depositamos grande esperança no Rosário de nossa Senhora como remédio dos males do nosso tempo. Porque não é pela força, nem pelas armas, nem pelo poder humano, mas sim pelo auxílio alcançado por meio dessa devoção, que a Igreja, munida desta espécie de funda de Davi, consegue impávida afrontar o inimigo infernal”. São Luís Grignion de Montfort afirma: “Ainda que vos encontrásseis à beira do abismo ou já tivésseis um pé no inferno; ainda que tivésseis vendido vossa alma ao diabo, ainda que fôsseis um herege endurecido e obstinado como um demônio, cedo ou tarde vos converteríeis e salvaríeis, desde que (vos repito, e notai as palavras e os termos de meu conselho) rezeis devotamente todos os dias o Santo Rosário até a morte, para conhecer a verdade e obter a contrição e o perdão de vossos pecados”.

Por que rezar o terço então?  Porque amamos Maria e com o Terço podemos dar-lhe uma demonstração singela, mas profunda de nosso amor filial. Porque é para nós uma valiosa arma de salvação e de luta frente às batalhas espirituais. O Terço é uma oração Mariana que imediatamente centra nossa mente e nosso coração no Senhor Jesus – através do Coração de Sua Mãe.  Em cada Pai Nosso rezamos com as palavras que Jesus mesmo nos ensinou e por ação do Espírito nos unimos à voz do próprio Filho; em cada Ave-Maria reconhecemos o maior milagre da história, a Encarnação do Verbo, e repetimos, fazendo nossa a confissão de fé de Isabel: “Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto de vosso ventre, Jesus”. Ao término de cada dezena damos glória ao Pai através do Filho em comunhão com o Espírito Santo. São Luís ainda descreve os benefícios da oração do terço com a meditação dos mistérios: Eleva-nos insensivelmente ao perfeito conhecimento de Jesus Cristo; purifica nossas almas do pecado; permite-nos vencer a nossos inimigos; facilita-nos a prática das virtudes; abrasa-nos no amor de Jesus Cristo; habilita-nos a pagar nossas dívidas para com Deus e os homens; por fim, obtém-nos de Deus toda espécie de graças.

 Como filhos de Maria e desejosos de santidade, almejamos o céu. O Senhor nos dá armas para seguir e alcançar esse objetivo. Uma das formas mais seguras e eficientes é seguir sua Mãe, seguir seus passos e seus pedidos. Sejamos filhos amorosos e obedientes e não percamos a graça de contar com o terço e o rosário! A fidelidade atrairá a nós a graça. Com Maria, a Augusta Rainha, seremos capazes de tudo vencer e enfrentar!

Silvia

 

Sílvia Enes Marques

Comunidade Mariana Resgate

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *