Porta-voz do Vaticano conta detalhes da Missa de canonização

0 42

Padre Federico Lombardi destacou que a presença de Bento XVI na cerimônia não está confirmada, mas é grande a expectativa de sua participação

Da Redação, com Sala de Imprensa do Vaticano

 

A Sala de Imprensa do Vaticano realizou, nesta quinta-feira, 24, uma coletiva sobre os preparativos da canonização dos Papas João Paulo II e João XXIII, que será presidida pelo Papa Francisco, no próximo domingo, 27.

O porta-voz da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, apresentou dados sobre participantes e o desenvolvimento das vigílias de oração que ocorrerão entre o sábado, 26,  e o domingo, 27. Lombardi informou que estarão presentes na cerimônia 93 delegações oficiais de diversos países e 24 chefes de Estado e Monarcas.

Sobre o rito, o porta-voz destacou que representantes de várias religiões participarão da cerimônia como convidados especiais. Cerca de 150 cardeais irão concelebrar com o Papa Francisco, além de mil bispos de todo o mundo. Ao lado do Papa Francisco estarão o Cardeal vigário da Diocese de Roma, Agustino Vallini; o primaz polonês, Cardeal  Stanislaw Dziwisz; e o bispo de Bérgamo, Francesco Beschi.

Na noite do sábado, às 21h, terá início a vigília de oração em 11 igrejas do centro de Roma. Chamada de “Noite branca da oração”, o encontro, que durará até a manhã do domingo, será animado em diversas línguas.

Padre Federico Lombardi informou que as atividades, na Praça São Pedro, terão início às 9h, horário local (às 4h no Brasil). Os fiéis serão convidados à oração do terço da Misericórdia e Ladainha de todos os Santos. A celebração terá início às 10h.

A animação musical da cerimônia será realizada pelo Coral Pontifício, pela Orquestra Filarmônica de Cracóvia, Polônia, e pelo Coral de Bérgamo, norte da Itália.

Como é realizado tradicionalmente, serão lidos os decretos de canonização pelo prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, Cardeal Angelo Amato. Em seguida, as relíquias dos novos santos serão expostas para veneração dos fiéis.

Sobre a presença do Papa Bento XVI, o porta-voz afirmou que não há confirmação oficial. “O Papa Bento é esperado e foi convidado. Nós respeitamos a sua liberdade e idade (…). Se ele vier, ficaremos muito contentes; se ele não vier, não temos o direito de nos sentir decepcionados, porque não foi feita nenhuma promessa”, concluiu o sacerdote.

Fonte: Notícias Canção Nova

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *