Sabedoria divina: A Origem

0 262

A paz, amados e amadas de Deus e filhos de Maria.

Você já se perguntou de onde veio o nosso Universo? E tudo aquilo que hoje conhecemos?

Algumas pessoas acham um absurdo ter tal pensamento, com medo de colocar sua crença em risco. Calma, pois nem tudo é agressivo à nossa fé!

Muitas teorias científicas, especulações conspiratórias, entre outras, regem a nossa concepção de um mundo físico. A hipótese mais aceita pela comunidade científica é a do Big Bang, grande explosão, na tradução literal. Mas o que realmente foi o Big Bang?

Uma grande expansão de matéria e energia, após a explosão de um pequeno átomo primordial, o qual era extremamente denso, possuía uma imensa massa e também temperatura descomunal, chegando a bilhões de graus centígrados. Então, surge uma pergunta: Como um átomo de características desprezíveis pôde dar início à vida?

Papa Bento XVI vem nos dizer a seguinte frase: “Deus esteve por trás do Big Bang e os cristãos devem rejeitar a ideia de que o universo surgiu por acidente”. O universo não surgiu por acidente nem por um passe de mágica; foi planejado, executado e sonhado por um Ser que é infinitamente grandioso e soberano.

Às vezes nos deparamos com boatos errôneos, dizendo que a Igreja é “contra” essa teoria, e isso não é verdade. O Papa Francisco nos diz: O Big Bang, que hoje se coloca como origem do mundo, não contradiz a intervenção criadora divina, mas a exige.

E algo extremamente interessante, que poucas pessoas sabem, é que a Teoria científica do Big Bang foi proposta em 1927 por Georges Lemaître (1894-1966), padre jesuíta de origem Belga, que baseando-se em cálculos da recente teoria da relatividade geral, conclui que o Universo tinha cerca de 13,8 bilhões de anos.

Como está escrito: No princípio criou Deus o céu e a terra… E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus… E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas (Gênesis 1, 1;14;16).

O Big Bang foi utilizado por Deus para realizar sua obra; portanto, podemos vê-lo como um artifício que Ele quis utilizar para concretizar seu projeto.

Para o emérito Papa Bento XVI, as teorias científicas sobre a origem do universo e da vida deixam muitas questões sem resposta e não entram em choque com a fé. E completa: “Ante a beleza do mundo, seu mistério, sua grandeza e racionalidade… Só podemos nos deixar ser guiados em direção a Deus, criador do céu e da terra.”

Um pequeno grupo acredita que o Universo é eterno, não teve começo e nem terá fim. A nossa fé contradiz essa teoria, pois se o Universo fosse eterno isso faria dele um “Deus”. Só DEUS é eterno; só DEUS não teve início e não terá fim. O eterno é perfeito; não evolui, como o Universo evolui, teve início e terá um fim.

Sendo assim, podemos dizer que temos uma direção, um fim. E cabe a nós, nesse tempo de vida limitado, buscar sempre essa verdade, que é Deus e tentar entender os mistérios; enigmas deixados por Ele.

Encerro esse texto deixando mais uma frase desse grande homem, exemplo para nós, o reverendíssimo Papa emérito Bento XVI: “Contemplando (o universo), somos convidados a enxergar algo profundo: a sabedoria do Criador, a criatividade incansável de Deus”.

São Tomás de Aquino, grande santo e doutor da Igreja, rogai por nós.

Saudações fraternas e fiquem sob a proteção do Deus Altíssimo.

Deus abençoe você.Yago

Yago

Comunidade Mariana Resgate

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *