260px-Mutter_Teresa_von_Kalkutta

Santuário dedicado a Madre Teresa é consagrado em Pristina, na Albânia

0 7

Nesta terça-feira, 5, 20 anos após a morte de Madre Teresa de Calcutá e primeiro aniversário de sua canonização (em 4 de setembro de 2016), foi consagrado em Pristina, na Albânia, o Santuário dedicado a Madre Teresa.

Nascida em Skopie de pais originários do Kosovo, Madre Teresa recebeu os Sacramentos no Santuário diocesano de Letnica, no Kosovo. E é justamente no Santuário da Nossa Senhora Negra que ela sentiu-se chamada ao serviço aos pobres.

O Santuário hoje consagrado encontra-se no local dos primeiros mártires São Floro e Lauro (início do século II) e próximo ao túmulo de Peter Bogdani, último arcebispo da Capital do Kosovo, como de tantos outros mártires de diversas gerações.

A prefeitura de Pristina, com o apoio do primeiro presidente do Kosovo, Ibrahim Rugova, doou o terreno para a construção do Santuário.

A pedra angular foi abençoada em 26 de agosto de 2005 pelo bispo Dom Mark Sopi.
Sua morte repentina em 11 de janeiro de 2006, assim como a do presidente Rugova, em 21 de janeiro do mesmo ano, provocou o atraso dos trabalhos de construção.

Com a nomeação e a chegada do novo Administrador Apostólico de Pristina, Dodë Gjergji, o projeto foi retomado e em 2010 foi possível celebrar o 100º aniversário de nascimento de Madre Teresa dentro do templo ainda inacabado.

Em 2013, o Santuário foi abençoado por ocasião dos 1.700 anos do Edito de Milão.
“Agora com a consagração do Santuário de Madre Teresa em Pristina, o desejo é o de aprender e de colocar em prática a cultura da vida e a civilização do amor sobre o exemplo de Madre Teresa”, disse o Vigário Geral de Pristina, padre Lush Gjergji.

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *