São João

0 20

João – “o discípulo que Jesus amava” e ao qual confiou sua mãe do alto da cruz – era galileu, filho de Zebedeu e irmão de são Tiago Maior. Pescador de profissão, oriundo de Betsaida, como os outros dos célebres pescadores, Pedro e André.

É provável que, por sua qualificação de pescador, o Sinédrio – depois da Ascensão de nosso Senhor – o tenha considerado “homem iletrado e sem posição social”, mas quem lê o quarto evangelho dá-se conta da audácia do pensamento de João, que os cristãos chamavam “o Teólogo” por autonomásia. Mais inclinado à contemplação que à ação, é o protótipo das almas consagradas.

Está entre os íntimos de Jesus, mais próximo do Mestre nos momentos solenes, como na Última Ceia; está junto a Jesus moribundo na cruz e recolhe suas últimas palavras. À diferença dos outros apóstolos, João não era casado e manteve tal estado na sua longa existência consumida a serviço do Evangelho.

É o autor do quarto evangelho, centrado na divindade de Cristo desde a primeira linha, no qual, como a águia (símbolo de João), já no primeiro bater de asas eleva-se às vertiginosas alturas do mistério trinitário: “No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus”.

É também autor de três cartas canônicas e do Apocalipse (o “livro da Revelação” ou livro profético, que finaliza o cânon bíblico), no qual é preconizado o triunfo do Redentor e de sua Igreja, a infâmia das perseguições que lhe obstruem o caminho.

A luta do poder das trevas contra ela durará sempre nesta terra, mas a Igreja sairá vencedora. O “Filho do Homem” – assim o chamou o Mestre – era, portanto, de temperamento ardente, alheio aos compromissos como às exaltações. E talvez nesse ponto resida o segredo da inefável amizade que o ligava a Jesus.

Depois de Pentecostes, passou grande parte de seus anos em Éfeso e na ilha de Patmos. Constitui lenda que ele tenha sido lançado numa caldeira com óleo fervente, em Roma, e saído ileso. João morreu em Éfeso, em idade avançada.

Tagged with:

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *