são jose

São José, homem de Deus!

0 48

E com muita alegria em meu coração que hoje venho escrever um pouquinho sobre São José este homem de Deus. Todas as vezes em que paro para olhar a sua historia aprendo muito com ele, e de fato, ele tem muito a nos ensinar, pois é um homem santo, modelo das virtudes, São Francisco de Sales, doutor da igreja, dizia que:“São José ultrapassou, na pureza, os Anjos da mais alta hierarquia”. Ele é para nos modelo de pureza, de humildade, uma das mais belas virtudes que os anjos maus, Adão e Eva não souberam guardar, obediência, e tantas outras.
Ele é proposto pela igreja, não só como modelo de uma categoria de pessoas, mas como modelo universal, ou seja, modelo de todas as virtudes, para todos e em qualquer idade e condição, pois ele foi enriquecido por Deus de dons sobrenaturais.
A sagrada escritura nos revela pouco sobre este homem de Deus, ele “É chamado de Santo de vida oculta e interior, porque não realizando aos olhos do mundo nada de extraordinário, passando obscuro e despercebido, no interior, onde só foi verdadeiramente grande, é impenetrável ao olhar humano[i].” Ele foi escolhido pelo Pai para ser instrumento importante na salvação da humanidade. Sendo preciso para isto que ele abdicasse de seus planos pessoais, de seus sonhos, de sua vida, e como ele soube fazer isso com tanta honra e dedicação! Ao tomar conhecimento do plano do Pai, ele se esquece de si mesmo, e embora vivendo uma situação desconcertante, vai até o fim, sem medo, sem vacilar. No silêncio de uma vida oculta São José passou a sua vida inteira cumprindo a vontade de Deus.
São José foi escolhido para ser esposo de Maria, a mais santa de todas as mulheres, porque ele era o mais santo de todos os homens. Fico pensando, muitos santos desejaram ser servos de Jesus, porém José foi escolhido por Deus para ser o pai de Jesus, aquele protegeu, cuidou, educou o menino Deus, nós não podemos escolher o nosso pai, Deus pode, e escolheu São José, imaginem a santidade daquele homem, para tamanho privilegio e honra.
Em uma aparição a Santa Margarida de Cartona, disse Jesus: “Filha, se deseja fazer-me algo agradável, rogo-te não deixes passar um dia sem render algum tributo de louvor e de benção ao meu Pai adotivo São José, porque me é caríssimo”. Este mesmo pedido de Jesus a Santa Margarida se estende a nós, que todos os dias possamos nos voltar a São José, homem que Deus escolheu para guardar seus maiores tesouros neste mundo, Jesus e Maria.
Quantos santos e santas se recomendaram a São José, Santa Teresa D’ Ávila, doutora da igreja, devotíssima deste santo homem, escreve no Livro da Vida, sua autobiografia: “Tomei por advogado e senhor ao glorioso São José e muito me encomendei a ele. Claramente vi que dessa necessidade, quanta de outras maiores referentes á honra e á perda da alma, esse pai e senhor meu salvou-me com maior lucro do que eu lhe sabia pedir. Não me recordo de haver ate agora, suplicado graça que tenho deixado de obter. Coisa admirável são os grandes favores que Deus me tem feito por intermédio deste bem – aventurado santo[…]”. Santa Teresinha do Menino Jesus no livro Historia de uma Alma também escreve: “Desde a mais tenra idade que, em minha alma, se confundiam o amor a São José com o da Santíssima Virgem.”
Que possamos também nos colocar debaixo da intercessão de São José, nos refugiarmos sobre sua poderosa intercessão e experimentar as graças de Deus por seu intermédio. E como os grandes santos da igreja é preciso rogar: São José, Valei-nos!
 Andrea Esteves
 G.O. Missão Resgate
Tagged with: ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *