homem sentado na montanha

Silenciar a alma

0 1636

Há tempos venho pensando sobre o silêncio, certa vez ouvi esta frase da fundadora do nosso grupo de oração “Silenciar a alma é parar para ouvir quem nela mora” (Danusa da Silva) e confesso que nunca mais me esqueci destas palavras, silenciar a alma é ouvir quem nela mora e de fato isto é verdade.

Entretanto torna-se necessário que nos atentemos á algumas coisas, pois, existem dois tipos de silêncio, o silêncio sombrio e o silencio da alma.

O silêncio sombrio afasta as pessoas de Deus e do próximo, ele gera solidão na multidão, é preciso que quando o notemos em nós logo nos livremos dele, porque, ele coloca a nossa alma em risco. Já o silêncio da alma, pelo contrario, nos trás intimidade com o Senhor, gera uma solidão acompanhada… Acompanhada pelo Amado de nossa alma. Este silêncio nos constrói, pois o silêncio da alma é um recolhimento em Deus.

Ao contrario do que muitos pensam, o silêncio não é apenas parar de pronunciar palavras, calar-se, pois posso falar muito e não perturbar o silêncio da alma, ou posso falar pouco, mas sempre que falar interromper meu silêncio interior, por isso é que o silêncio vai muito além da ausência de palavras.

A Virgem Maria é mulher que mais nos ensina sobre a o silêncio, ela foi aquela que guardava tudo em seu coração, como podemos ler em Lucas 2,19 desde a anunciação até a morte de seu filho na cruz ela viveu o silêncio e por isso agradou tanto o coração de Deus.

Diante dos barulhos e agitações que o mundo nos impõe, não podemos ter medo de experimentarmos os frutos gerados pelo silêncio, pois nós necessitamos silenciar para escutar a voz Daquele que só sabe falar a nossa alma.
 Nossa Senhora do Silêncio, rogai por nós!
Andrea Esteves
 

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *