Tá na mídia: ONU rejeita incluir aborto como “direito humano”

0 143

Vamos celebrar??? Sim, celebrar!!! Pois como bons cristãos precisamos estar atentos às notícias e comemorar quando o Reino de Deus acontece nas grandes instâncias de poder. Celebremos, em comunhão com nossos irmãos do mundo inteiro que são a favor da VIDA, a conquista obtida na ONU – A NÃO LEGALIZAÇÃO DO ABORTO.

Entendendo melhor: Houve-se uma aprovação da Declaração Política sobre o HIV e a Aids no dia 8 de junho na ONU, dentro da Reunião de Alto Nível 2016 sobre a Erradicação da Aids, um dos encontros mais influentes da comunidade internacional sobre a questão do HIV, que ocorre a cada cinco anos.

Nesse documento havia alusões à “anticoncepção de emergência” independentemente da idade e ao “aborto seguro”. Contudo, “mesmo que alguns Estados tenham lutado novamente sem descanso pela inclusão de referências aos ‘direitos reprodutivos’ vinculados aos direitos humanos, tudo isso foi rechaçado ao fim, por entender que os ‘direitos reprodutivos’ não são de nenhuma maneira competência do organismo internacional nem matéria de direitos humanos”.

Nesse documento, infelizmente, pôde-se notar a ausência de uma linguagem relacionada à abstinência ou à fidelidade conjugal. Segundo estudiosos do assunto, “lamentavelmente os inexperientes conseguiram evitar qualquer referência à abstinência ou à fidelidade na declaração, afirmando de forma incorreta que esses termos representam um ‘experimento social falido’”.

Irmãos, saibamos que o inimigo de Deus luta para destruir o direito à vida, o casamento, a família e a liberdade religiosa no mundo inteiro. Mas continuemos em combate, em oração, buscando formação e, sobretudo testemunhemos com a nossa vida que a vontade e os sonhos de Deus para nós são sempre o melhor.

Termino com frases de São João Paulo II, em catequeses sobre a Teologia do Corpo (recomendamos a leitura e busca de formações sobre essas catequeses – são riquíssimas) e documentos da Igreja sobre a sexualidade humana:

“Pelo fato de o Verbo de Deus ter se feito carne, o corpo entrou pela porta principal na teologia”, ou seja, pela encarnação do Verbo o corpo ocupa um lugar central na teologia e na espiritualidade cristã, Deus assume um corpo, elevando com isso a dignidade da natureza humana.[1]

A sexualidade humana é, portanto, um Bem: parte daquele dom criado que Deus viu ser « muito bom » quando criou a pessoa humana à sua imagem e semelhança e « homem e mulher os criou » (Gen 1, 27). Enquanto modalidade de se relacionar e se abrir aos outros, a sexualidade tem como fim intrínseco o amor, mais precisamente o amor como doação e acolhimento, como dar e receber. A relação entre um homem e uma mulher é uma relação de amor: « A sexualidade deve ser orientada, elevada e integrada pelo amor, que é o único a torná-la verdadeiramente humana”. [2]

Ao afirmarmos que os cônjuges, enquanto pais, são colaboradores de Deus Criador na concepção e geração de um novo ser humano, não nos referimos apenas às leis da biologia; pretendemos sobretudo sublinhar que, na paternidade e maternidade humana, o próprio Deus está presente de um modo diverso do que se verifica em qualquer outra geração “sobre a terra”. Efetivamente, só de Deus pode provir aquela “imagem e semelhança” que é própria do ser humano, tal como aconteceu na criação. A geração é a continuação da criação.” [3]

Indicamos também a leitura da Encíclica Humanae Vitae, do Papa Paulo VI, uma verdadeira profecia para o que estamos vivenciando nos tempos atuais no que tange à sexualidade humana. [4]

Boas leituras e Deus abençoe!

Com carinho, minhas orações e abraços fraternos

.Luciene

.

.

.

Luciene de Oliveira Ribeiro Trindade

Comunidade Mariana Resgate

.

.

.

Referências

1 http://noticias.cancaonova.com/teologia-do-corpo-ensinamentos-do-papa-joao-paulo-ii/

2http://www.vatican.va/roman_curia/pontifical_councils/family/documents/rc_pc_family_doc_08121995_human-sexuality_po.html

3 http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/encyclicals/documents/hf_jp-ii_enc_25031995_evangelium-vitae.html

4 http://w2.vatican.va/content/paul-vi/pt/encyclicals/documents/hf_p-vi_enc_25071968_humanae-vitae.html

Tagged with: , , , ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *