assemblea geral cnbb

Textos sobre renovação paroquial e questão agrária são apresentados aos bispos do Brasil

0 33

A Comissão Episcopal para o Tema Central da52ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, presidida pelo arcebispo de Manaus (AM), dom Sérgio Castriani, apresentou hoje, pela manhã, a nova versão do Estudo 104 da CNBB, “Comunidade de comunidades: uma nova paróquia”. A discussão sobre o texto teve início na 51ª Assembleia da CNBB, em 2013. O texto foi enviado aos regionais e dioceses para que refletissem e enviassem suas contribuições, colaborando, assim, para uma nova versão. Durante a explanação, a comissão falou sobre a recepção do Estudo 104 da CNBB, o processo da redação, a metodologia e delimitação, e, por fim, a estrutura e o conteúdo do novo texto.

Segundo dados da Comissão, metade dos regionais da CNBB e 70 circunscrições eclesiásticas enviaram contribuições. Agora, o texto passa por nova avaliação e, se aprovado, será publicado como documento da Conferência. Na ocasião, o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, destacou a dedicação e o esforço da comissão na produção do texto.

Questão agrária
Também esteve em pauta, na sessão da manhã, a questão agrária no país. Uma comissão, designada pela presidência da CNBB, e presidida pelo arcebispo de Feira de Santana (BA), dom Itamar Vian, expôs uma proposta de texto sobre o assunto, também já discutido na assembleia do ano passado e enviado aos bispos para reflexão e contribuições. A partir das sugestões, o texto foi reformulado e agora é discutido pelos bispos do Brasil. “O texto pode nos ajudar muito a orientar nossas atividades. Sabemos que muitos irmãos vivem em realidades de grandes conflitos”, disse dom Leonardo.

Fonte: CNBB

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *