Tipos de oração que podemos fazer

0 40

“Para mim a oração é um impulso do coração, é um simples olhar lançado ao céu, um grito de reconhecimento e amor no meio da provação ou no meio da alegria”.

 

É com esta frase da nossa querida Santa Teresinha do Menino Jesus que o Catecismo da Igreja Católica (CIC) inicia trazendo sobre a definição de oração.

Nosso querido Papa Emérito Bento XVI em uma de suas catequeses (12 de setembro de 2012) nos trouxe que “A oração é como uma janela aberta que nos permite ter o olhar voltado para Deus, não somente para nos recordar a meta para a qual nos dirigimos, mas também para deixar que a vontade de Deus ilumine o nosso caminho terrestre e nos ajude a vivê-lo com intensidade e compromisso”.

Orar é um ato daquele que quer conversar, dialogar com Deus, ou seja, entrar em comunhão com Ele. Mas ao falar em rezar, orar, quais seriam os tipos de oração que podemos fazer?

O CIC (parágrafo 2626 ao 2643) traz para nós cinco tipos de oração: benção/adoração; oração de súplica; de intercessão; ação de graças e louvor. Vamos a eles…

Na benção temos o encontro de Deus e do homem (união do dom de Deus e da acolhida do homem), o coração do homem bendize Aquele que é a fonte de toda a benção; na adoração há o reconhecimento da criatura, que somos nós, diante do Criador, que é Deus. Exaltamos a grandeza do Senhor que nos fez.

Na oração de súplica fazemos um pedido, um clamor a Deus. Como primeiro movimento desta oração temos o pedido de perdão.

Na oração de intercessão pedimos algo para o outro. Aquele que ora não procura seus interesses, mas ele pensa no outro. Uma oração própria de um coração que está em conformidade com a misericórdia divina.

Na ação de graças fazemos nosso agradecimento a Deus, como na passagem: “Por tudo dai graças, pois esta é a vontade de Deus a vosso respeito, em Cristo Jesus” (I Ts 5,18).

O louvor consiste em reconhecer que Deus é Deus, mais do que pelo que Ele faz, mas pelo que Ele é. Podemos dizer que o louvor integra as outras formas de oração e as leva para Deus, Aquele que é o princípio, meio e fim!

Vemos, portanto, que há vários tipos de oração. O importante amados irmãos, é dialogarmos com Deus, entrarmos de fato em comunhão com Ele. Podemos usar de vários meios também para isso… Orar com a Palavra de Deus (Bíblia), fazer uma novena, rezar terço/rosário, ladainhas, jaculatórias, oração da lectio divina, que é um exercício da escuta pessoal da Palavra de Deus (leitura, meditação, oração, contemplação).

Lembremos sempre, o próprio Espírito Santo nos ajuda a rezar, nos direciona. Muitas vezes na nossa vivência, não sabemos se é a hora de agradecer, de pedir, na verdade, não sabemos qual tipo de oração fazer… Saber que existem estes cinco tipos de oração, isso vai nos ajudar. Mas creio que o Santo Espírito nos conduzirá a alçar voos na oração e a ter comunhão com Deus.

Jamais deixemos de rezar a oração de louvor, reconhecendo que Deus é Deus. Lembremos sempre, o louvor integra todos os tipos de oração!

Que a Virgem Maria nos ensine a orar hoje e sempre!

Deus os abençoe!

.

 

Camila Csizmar Carvalho Martins

Consagrada da Comunidade Mariana Resgate

(Visited 2 times, 1 visits today)
Tagged with: , , ,

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *