Vivendo a Semana Santa

Vivendo a Semana Santa

0 55

A Semana Santa é um tempo que a igreja oferece a cada fiel, uma oportunidade de celebrar profundamente o Tríduo Pascal, paixão, morte e ressurreição de Jesus. Depois de jejuarmos, mortificarmos, somos convidados a entrar nesse mistério de Jesus que “existindo em condição divina, não fez do ser igual a Deus uma usurpação, 7mas ele esvaziou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e tornando-se igual aos homens. Encontrado com aspecto humano, 8humilhou-se a si mesmo, fazendo-se obediente até a morte, e morte de cruz.” (Filipenses 2,6-11).
Particularmente, gosto muito da semana santa, de vivenciar cada momento, de adentrar nas entrelinhas da liturgia, dos significados. Infelizmente existem muitos católicos que não compreendem o verdadeiro significado da semana santa, e acabam indo bem, até na sexta-feira santa, na procissão do enterro mais especificamente, deixando de lado a maior celebração, o sábado santo, onde Jesus triunfa da morte para a vida, lembrando que para se vivenciar a ressurreição é necessário participar de todo o tríduo que se da início na quinta-feira santa com a celebração da Instituição da Eucaristia e a memória do lava-pés, passando pelo silencio da sexta-feira santa com a Adoração à Santa Cruz e culminando com a Celebração da Vigília Pascal.
Não é semana de viajar para descansar como muitos aproveitam o “feriadão” para ir para a praia, é momento de participar com a família de cada celebração em suas paróquias, precisamos entender isso, Jesus não descansou em seus últimos dias, mas sofreu até a morte.
Mais que recordar a paixão, morte e ressurreição de Jesus, a igreja nos faz adentrar nas dores de Cristo para que possamos reconhecer que foi por nós que se entregou numa cruz, se fazendo pecado por nós, carregando nossas iniqüidades e estabelecer novamente a ponte que nos liga a Deus. Quando fazemos presença nas celebrações dessa semana, estamos fazendo companhia a Jesus, a mesma que Ele tanto desejou quando agonizava no Horto das Oliveiras.
Amados, façamos uma boa preparação para Páscoa do Senhor, se você não fez nenhuma penitencia na quaresma, faça agora, confesse-se antes da Celebração do Tríduo Pascal seguindo a orientação da Santa Igreja. Sugiro também que assista ao filme “Paixão de Cristo”, com certeza o ajudará a refletir, participe das atividades de sua paróquia, isso é essencial para nossa espiritualidade cristã. Que participando de sua paixão e morte, triunfemos com Jesus da morte para a vida, ressurgindo com Ele na Vigília Pascal. O mais importante na páscoa não é o ovo ou o termino do Jejum, mas sim comungar o corpo de Jesus Cristo ressuscitado e assim podermos dizer: “Aleluia, Ele Vive, Aleluia”
 
Que Jesus que há de ressurgir vencendo a morte nos abençoe e nos ressuscite com Ele.
Abraços de seu irmão,
Hélisson José Moreira de Souza
Formador do Ministério de Música Mariano Resgate

Artigos Similares

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Seu comentário será publicado após aprovação! *Campos obrigatórios. *